Fenilvet

fenilvet_100_ml

Cada 100 ml do produto contém:

Fenilbutazona – 20 g
Veículo q.s.p. – 100 ml

Vias de administração: Endovenosa e intramuscular.

Indicações de uso:

Fenilvet é indicado em todos os processos inflamatórios, dores musculares e articulares em bovinos, equinos, suínos e caninos. Nos edemas de úbere, mastites, metrites e pneumonia dos bovinos e Síndrome Cólica nos equinos. Para equinos: No alívio das dores músculo-esqueléticas, torções, contusões e dor visceral como nas cólicas. Também indicado para inflamações das articulações, que de alguma forma causa claudicação. Para bovinos: Nas diarreias de bezerros recém-nascidos, inflamações agudas e crônicas das articulações e do umbigo. Para tratamento da dor causada por incisões cirúrgicas ou de feridas traumáticas. Para tratamento auxiliar em infecções agudas do aparelho respiratório, para reduzir a febre e estimular o apetite e para vacas com paresia pós-parto. Para suínos: Inflamações agudas ou crônicas do aparelho locomotor, para tratamento da Síndrome Metrite Mastite Agalaxia (MMA). Para cães: Em todos os processos inflamatórios.

Propriedades:

Fenilvet possui elevado efeito analgésico, não narcótico, não hormonal, com atividade antiinflamatória e antipirética.

Posologia e modo de uso:

Fenilvet deve ser administrado através de injeções intravenosa ou intramuscular, assepticamente. A dosagem recomendada para bovinos, suínos e eqüinos é de 4,4 mg de princípio ativo por kg de peso, durante o máximo de 5 dias. Em cães, o nível posológico é de 22 mg/kg de peso, não devendo exceder 800 mg/animal/dia, independentemente do peso, limitados a 2 (dois) dias consecutivos, podendo ser seguidos de medicação oral.

Dosagem diária:

Equinos e Bovinos adultos: 1,0 ml para cada 50 kg de peso, por via endovenosa.

Suínos: 1,0 ml para cada 50 kg de peso, por via intramuscular profunda.

Cães: 1,0 ml para cada 10 kg de peso, por via endovenosa.

Alterações na posologia e modo de uso a critério de Médico Veterinário.

Contra-indicações:

A Fenilbutazona não deve ser administrada em animais que tenham sérias lesões hepáticas, renais ou cardíacas, assim como em fêmeas que estejam amamentando, pois pode causar sérios danos na cria, como discrasias sanguíneas. Com base nos regulamentos do FDA a Fenilbutazona não pode ser usada em animais destinados ao consumo humano.

Interações medicamentosas:

As associações da Fenilbutazona com corticóides, analgésicos anti-inflamatórios não esteróides, salicilatos, anticoagulantes, antihipertensivos, diuréticos ou sulfamidas devem ser evitadas.

Modo de conservação:

O produto deve ser mantido na embalagem original até a completa utilização, ao abrigo da luz solar, umidade e calor, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentação:

Frasco com 20 e 100 ml.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *